Actions

Work Header

Apenas Um Beijo

Work Text:

 

Enquanto um vento gelado e uma fina chuva teimava em cair pelos arredores de Hogwarts em plena noite de sexta-feira, um certo alguém se encontrava sentado numa banqueta de madeira, com uma expressão inflexível. As cerdas do pincel deslizavam calmamente pelo painel, como se tivesse ganhado vida própria. As mãos habilidosas do Mestre de Poções desciam e subiam lentamente num bailado sensual, contornando as curvas e dando forma à sua criação.

 

Um leve sorriso brotou no canto dos lábios de Severus quando mãos delicadas resvalaram suavemente pelos ombros largos e sentiu um afago carinhoso nas madeixas negras. E aquele simples toque era sua perdição. A auror sabia como deixá-lo desconcentrado e conhecia bem — e bem até demais — os pontos fracos de seu marido. Hermione deu apenas um beijo despretensioso na bochecha direita do homem, que se arrepiou por inteiro.

 

Paulatinamente, Snape estendeu seu braço e, ao sentir a mão de sua esposa na sua, fez uma leve menção com a cabeça, indicando para que ela sentasse em seu colo. E ele a guiou. Ela sorriu de forma marota e assim que sentou-se nas pernas dele, o professor de Poções largou o pincel e a abraçou ternamente, depositando um beijo casto nos lábios rosados da bruxa.

 

Granger — ou melhor, a Sra Snape — sempre lhe fazia alguma surpresa quando chegava do Ministério da Magia, mas não poderia negar que ser recebido com um beijo, era a sensação mais prazerosa que havia experimentado. Não que ele não gostasse de fazê-la gemer debaixo de si enquanto faziam amor no tapete felpudo perto da lareira ou então na bagunça que ficavam os lençóis de seda depois de fazerem um sexo mais selvagem na cama, mas, um beijo lhe deixava completamente fora de si.

 

Apenas um beijo era suficiente para levá-lo a outro patamar de inspiração.